domingo, 18 de abril de 2010

Clique na imagem
para verouvir o trêiler de
Dr. Fantástico
(Stanley Kubrick, 1964),
um dos filmes fundamentais dos anos 60,
com seu furioso humor antibélico


BALAIO PORRETA 1986
n° 2995
Rio, 18 de abril de 2010


JEREMIAS
Adriano de Sousa
[ in Poesia. Natal, 2008 ]

ai de vós
profetas
ai de vós
poetas
nem mesmo os vossos
vos ouvirão


(IN)FINITUDES
Lou Vilela
[ in Nudez Poética ]

Reconheço-me bem ali
antes do ponto.

A poesia
,contrária ao tempo,
resiste.


FILMES FUNDAMENTAIS DOS ANOS 60
(2a: 1964-1969)

Dr. Fantástico (Kubrick, 1964)
Gertrud (Dreyer, 1964)
Por alguns dólares a mais (Leone, 1965)
Gaviões e passarinhos (Pasolini, 1965)
A batalha de Argel (Pontcorvo, 1965)
Terra em transe (Glauber Rocha, 1967)
A bela da tarde (Buñuel, 1967)
La hora de los hornos (Solanas, 1968)
O estranho caminho de Santiago (Buñuel, 1968)
Teorema (Pasolini, 1968)
Faces (Cassavetes, 1968)
One plus one (Godard, 1968)
Memórias do subdesenvolvimento (Alea, 1068)
O bandido da luz vermelha (Rogério Sganzerla, 1968)
Othon (Straub & Huillet, 1969)
Minha noite com ela (Rohmer, 1969)
O conformista (Bertolucci, 1969)
O açougueiro (Chabrol, 1969)
A cor da romã (Paradjanov, 1969)
Kes (Loach, 1969)

[ Continua ]

11 comentários:

Pedrita disse...

eu não vi esse do kubrick. adoro o conformista. beijos, pedrita

Mirse Maria disse...

Bom dia Moacy!

Adorei o: "LOOOOVE The BOMB"!

E brilham os poetas Jeremias e Lou!

Fantástico balaio!

Bom domingo!

Beijos

Mirse

líria porto disse...

bom domingo, bom balaio!
besos

Bené Chaves disse...

Excelente filme, excelente filme. Eu o assisti aqui, em Natal, em 24 de agosto de 1966.

Um abraço...

Jarbas Martins disse...

O filme de Kubrick é um filme de Kubrick é um filme de Kubrick. F A N T Á S T I C O. Mas
o pequeno grande poema de Adriano de Souza ( um Jeremias cult) é a quintessência de sua arte: imortal e pobre (foi Jorge Luís Borges que disse isso ?).

Francisco Sobreira disse...

Um dos maiores Kubrick, com um impactante final: a explosão do mundo, tendo em contraponto uma música romântica. Um abraço.

Assis Freitas disse...

A poesia de Lou é fundamental, assim como os filmes fundamentais o são. E que não se cumpra a profecia do Adriano no seu Jeremias. Abraço e domingão.

Marco disse...

Salve, mestre Moacy!
Ahhh. Dr. Fantástico é fantástico! De forma geral, os filmes do Kubrick o são. Da sua lista, vi a maioria e estão muito bem citados. Se eu fizesse uma lista de filmes fundamentais para mim, dos anos 60, incluiria Midnight Cowboy e O Incrível Exército de Brancaleone. mas aí entra gosto pessoal, não é?
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

betina moraes disse...

mestre,

importante lembrança! o filme é sensacional! como esquecer a mão alheia do genial peter seller?

as listas sempre excelentes

e os poetas bem escolhidos, adriano e lou, os dois versos bem escritos e lou ainda fazendo da vírgula fronteira. demais!

um beijo!

Lou Vilela disse...

Por motivo de trabalho, estive um pouco ausente. Vim atualizar a leitura e qual não foi a minha surpresa?! Bom estar aqui: você e o seu balaio, sempre porretas!

Uma linha tênue une os poemas – a sua visão, um show à parte! ;)

Aos amigos, um sorriso e um abraço!
Lou


ps: A Mirse, Assis e Betina os meus agradecimentos pelos gentis comentários.

Marcelo F. Carvalho disse...

Dr. Fantástico é um exercício Kubrick de cinema. Absolutamente genial.